Lady romance


Autora: Karina Heid
Série Damas de aço, 3
Editora: Freya
Publicado em 2021
(no Kindle, 2020)


Entendi o porquê da autora ter dito ser especial... Adentrar os locais em que se passaram, teoricamente, as estórias coletadas pelos irmãos Grimm enquanto se tenta fugir de um destino defasto e se tenta acordar o sapo... Especial!

O poder do "era uma vez...", os chamados contos de fadas, figuras de linguagem para imaginários e aconselhamentos dos que os inventaram, passaram adiante, modificaram... Afinal "quem conta um conto aumenta um ponto". E neste livro da Karina, quem estava "adormecido", anestesiado, parado... era ele. 

Três... li ser um número mítico tempos atrás. Foram três anos após avistar Hans pela primeira vez, no casamento da irmã do meio. Foi naquele dia, no jardim, que ganhou um doce e casto beijo, um "selo", que selou devaneios e povoou seus contos/desejos. Arabella sempre foi a mais fantasiosa e sonhadora das irmãs Thiessen e o elegeu seu príncipe!

Hans não é avesso a relacionamento por querer curtir com várias, mas por ter fantasmas - ele tem muito a expurgar. A guerra o feriu terrivelmente, em sua alma. Seu amigo americano que veio com ele tenta ajudar seu caminho, por amizade, mas por dever de honra: deve sua vida a ele. Kahe o acompanha, diariamente...

Três anos. Ela tentou escrever - nunca recebeu uma resposta. Tentou esquecer... Com os casamentos das irmãs, um feliz e outro sombrio, a solidão... recebeu alguns pretendentes os quais não queria, apenas para ter com quem conversar. Mas após o último, um juiz, o pai descobre do que ela está sendo chamada e decide que ela irá se casar com um primo o qual não vê desde criança, do outro lado da Alemanha. 

"Sou o príncipe exigente da história e também acho que mereço mais. Contudo, meu pai não acha. Ele cansou de minhas exigências e escolheu o primeiro que apareceu..." - cap.15.

Como nada que ela diga dissudiará o pai, pede ajuda da duqueza-mãe, sogra da irmã. Se é para ir distante, que seja na companhia do amado, uma tentativa de fazer ele reparar nela, ter contato - quem sabe?!... Esperança. Ele nunca saiu dos seus sonhos ou coração, por mais que tenha parado de escrever.
 
A autora nos "sopra vida" contando a história "do pássaro ferido resgatado no jardim", do sono do adormecido, pesadelos deste e sonhos daquela que pode trazer a luz... A jornada do guerreiro aqui conta com florestas, ladrões, protagonistas perdidos tentando seguir adiante, buscas e aquecer de corações. Os deles. Os nossos.

Viage pela Alemanha, lembre e interprete os contos com a Bella, busque uma forcinha de cigana... ou da sogra! Rs. Não abandone por temer não curar.


Um abraço, 
Carolina.

Nenhum comentário