Vinícius de Moraes: Allegro

Nasceu no dia 19 de outubro de 1913, no Rio de Janeiro. Seu nome de batismo era Marcus Vinitius da Cruz de Melo Moraes (apenas aos nove anos registra o Vinicius de Moraes). 

Dentre tantas poesias do grande poeta, escolhi publicar aqui a Allegro por ter uma história com ela... Sim, na UFBa, em uma aula com a professora M. M., tínhamos que interpretar esta e o grupo com o qual estudava interpretou trechos de forma diferente da expressa pela professora-doutora... Vergoinha!... Rs. Mas depois ela disse fazer sentido. Não falarei interpretações, deixarei que, se quiser, exponha as suas! Rs.



Allegro


Sente como vibra
Doidamente em nós
Um vento feroz
Estorcendo a fibra

Dos caules informes
E as plantas carnívoras
De bocas enormes
Lutam contra as víboras

E os rios soturnos
Ouve como vazam
A água corrompida

E as sombras se casam
Nos raios noturnos
Da lua perdida.



Um abraço, 
Carolina.



Nenhum comentário