A mais bela de todas (Era outra vez)

Autora: Sarah Mlynowski
Série: Era outra vez, v.1
Título original: Fairest of all
Editora: Galera Junior
Ano de publicação: 2014
Número de páginas: 176

Após se mudarem de Chicago para Smithville, os irmãos Abby e Jonah sentem que há algo estranho na sua nova vizinhança. Quando o irmão caçula acorda Abby no meio da noite com uma novidade pra lá de esquisita — o espelho do porão está assobiando —, os dois são sugados para o meio da história da Branca de Neve. E pior: precisam consertar as coisas... Sem querer, Abby pode ter influenciado a princesinha a dar um pé no príncipe.
Abby e Jonah terão que criar os mais mirabolantes planos para colocar o destino de Branca nos trilhos ou o mundo dos contos de fadas nunca mais será o mesmo!

Abby tem 10 anos e quer ser juíza – advogada primeiro, claro! Ela tem um irmão mais novo, o Jonah. Eles e os pais se mudaram para outra cidade e ela não está gostando nada disso. As brincadeiras são diferentes, o sanduíche de pasta de amendoim e banana é diferente... Já o irmão parece não estar tendo problemas mas, bem, ele gosta de explorar! Rs.

A aventura começa quando... Tá!, tem que ter um espelho, óbvio!!...

Você deve estar pensando: ‘Hum, Abby, espelhos normalmente não saem por aí engolindo pessoas. Espelhos só ficam pendurados nas paredes e refletem coisas.’ ” p.7

Sim, a casa para qual se mudaram... Na casa tem um porão; no porão tem um espelho... Pois é, o espelho estava na casa, foi deixado para trás pelos antigos donos, tem o dobro do tamanho da Abby...

O vidro é límpido e liso. A moldura é feita de pedra com entalhes de fadas e varinhas de condão. Não sei por que a pessoa que morava aqui não o levou, a não ser... bem, ele é assustador.” p.22

Jonah ao invés de dormir fazia o quê? Explorava. Foi até o porão e... foi buscar a Abby. Primeira batida: shhhhhhhhhh... Segunda: luz quente e roxa... Terceira... 
E estamos sendo sugados em direção ao espelho” p.25
Lugar: Zamel. Evelyn Vilã disfarçada de velha, com uma maçã na mão, bate na porta de uma casa na floresta. Familiar? Onde os irmãos foram parar?!?... (Pior: Jonah quer a maçã a todo custo já que está com fome! Kkk!) Três mulheres e quatro homens de estatura diminuta...(sete)
Hummm. Tem só um probleminha com essa comemoração. (...)” p.69
Que, é claro, não contarei ou estragarei a sua leitura! Rs.

Agora é uma corrida! O relógio aponta horas passando vagarosamente, como se cada dia dentro do espelho fosse uma hora no mundo dos irmãos. Eles tem que salvar a história e arranjar um meio de retornar para casa antes dos pais deles acordarem! 

Branca tem uma ideia para tentar consertar a história... Direi nada mais que isso aqui. Já a volta pode ser proporcionada por Gabrielle. Obaa!!.. Detalhe: o espelho da Gabrielle é, justamente, o que está no quarto da Evelyn Vilã. Epa!   O espelho?
Veio com o castelo – explica ela. – Passa de uma rainha para outra. – Os olhos dela ficam cheios de lágrimas. – O espelho era da minha mãe. (...) Mas tenho certeza de que minha mãe nunca o usou para fazer maldades – completa Branca." p.91
Gabrielle não pode mentir... Não pode responder uma pergunta da Abby, mas diz que a Maryrose o fará no devido tempo. 

Nossa! Quanta trapalhada!... rsrs. Há mais, mas descobrir por si, como nossos protagonistas, é melhor, não é mesmo?.. rs.

Li primeiramente o livro quatro. Interessante a premissa de poder entrar e "bagunçar" um pouco, "correndo atrás do prejuízo" depois. Pensei logo nas meninas que frequentam a sala de leitura do quarto ano! Elas se amarrarão em ler! Então, a partir daí, indico. 




Um abraço,
Carolina.

Nenhum comentário