Abril (A garota do calendário, 4)

Autora: Audrey Carlan.
Editora: Verus
Ano de publicação: 2016
Número de páginas: 160


Publicado anteriormente como convidada em outro blog
& em https://carollivros.wordpress.com
(com mudanças)

Posar de namorada para um jogador de baseball mulherengo. Por quê? Patrocinadores, imagem... É necessário. E o mês começa um pouco com o pé esquerdo:
Humpf!!

Mas sabemos que a Mia gosta de um desafio… Oui?
E quem não teve de lidar com "aborrecentes-mentais" que olham para uma mulher “pensando com a cabeça errada”?...

O jogador do Red Sox Mason Murphy, apesar dos lindos olhos verdes, 1,82m, bíceps e quadríceps, quando abre a boca… Ninguém merece!…

“E aí, gata!..”

Já assistiram Shrek? Então se lembram da cena em que ele tenta explicar ao burro que os ogros…

burro-e-shrek
“Nós somos como cebolas (…) camadas! As cebolas têm camadas!”

A conversa inicial é marcada pela troca de "amabilidades temperadas com pequenas farpas" e champanhe. Ele não sabe lidar com mulheres de verdade, está acostumado com as que se jogam em cima dele, por ser famoso e rico. Para compensar, dar uma esfriada nos ânimos, quando nossa garota abre as portas do armário: Calça da True Religion, camiseta justa do Red Sox, par de converse…
“…me fez desejar me curvar diante da tia Millie por me conseguir esse trabalho.”
Mason contratou a Mia para melhorar sua imagem. Por mais que não esteja desamparado, já que tem a Srta. Rachel, bem como toda uma equipe para assessorá-lo. Foram eles que escolheram a Mia! A instabilidade do jogador, cada dia com uma mulher ou mais, bebidas, festas... 

Mia tem um... “contratempo” e resolve mergulhar de cabeça no trabalho: cachorro-quente, pipoca, cerveja e campo de beisebol! E, Oui!, ela é fã do Red Sox!!!

Com um olhar mais apurado, percebe o que o Mason realmente precisa. Não serei hipócrita de dizer que contratos com marcas famosas e vários zeros não são ‘interessantes’, mas são externos. Ela vê o que ele realmente precisa/quer para a vida dele – e está decidida a ajudar! - Ela tem esse dom: realmente as pessoas, além do que aparentam.

Oui, este cliente não é para ela. Mas terá a estabilidade e os contratos. Mia conhece a família dele, como ocorreu com o Anthony em março, mas esta é o oposto: Tony tinha mãe e irmãs; Mason tem pai e irmãos.

Outra oportunidade de aprendizado para a Srta. Saunders é a organização de um evento que, garanto, emociona..! Principalmente a motivação dela ao idealizá-lo... Mas a Mia, apesar de centrada no que é preciso, pega um momento para relaxar – precisava, non? E, por mais mexida que esteja, no pedido, uma certeza:

Não se esqueça de mim.
trust-your-journey
Nem tem como esquecer!.. Aprende, ajuda, resolve enganos, fica satisfeita com isso, e permanece Jolie – bela!… Sim, Mason amadurece e, quem sabe, pode-se dizer que conquista posição cativa de amigo, bem como sua bela namorada. Despedida, carta:
“… devo sempre dar o melhor de mim e estar aberta
às oportunidades que surgirem. (…)
Com todo o meu amor,
Mia.”
tulipa_
Um abraço,
Carolina.

Nenhum comentário