Caos no colégio - Desventuras de um garoto nada comum, v.2

Autora: Rachel Renée Russell
Título original:
Editora: Verus
Ano de publicação: 2017
Número de paginas: 234

"Max Crumbly está de volta no segundo livro da série Desventuras de um garoto nada comum, da mesma autora de Diário de uma garota nada popular.
Na última vez em que vimos Max Crumbly, o nosso herói havia se esborrachado em cima de uma pizza depois de cair da tubulação de ar do Colégio South Ridge, em plena madrugada — e ele estava cercado por três criminosos implacáveis! Será que o Max vai ser moído em pedacinhos, como o queijo na massa daquela pizza? Poderá sua amiga e aliada Erin ajudá-lo a sair ileso dessa situação pegajosa?"

É sempre divertido ler as trabalhadas do Max!

Para quem não lembra – ou simplesmente não leu o primeiro livro das desventuras dele, seu convívio no colégio e gente da idade dele e tal é meio que... uma novidade.

Bom, nosso “herói” (sim, ele AMA heróis, revistas...) tinha aulas em casa, com a avó. Ele aguenta o bullying do Tora temendo ser tirado do colégio e ter que voltar a modalidade de estudo anterior... com a avó.

Esta aventura teve “aquele pontapé” quando o Max, trancado no armário, conseguiu forçar, após horas, o fundo do mesmo, descobrindo a sala das caldeiras.
“O lugar parecia isolado do resto do prédio há décadas.” – p.86 (deste livro)
Então, sistema de ventilação.
‘Rebobinando um pouco a fita’... – Vocês não conhecem fita VHS? Humm... REW << ? Bom, volta uns capítulos, vai! Kkkk

Três ladrões entraram no colégio para roubar os computadores novos do laboratório – tá, Carol, você disse isso na outra resenha! – Estamos relembrando... ou já quer que eu comece como Max, de bunda, na pizza dos ladrões famintos?!?.. – Eita! Foi o que fiz! 

Mas a Erin está monitorando pelo sistema de segurança do colégio:
“... acesso remoto e o controle do sistema de auto falantes, das câmeras de segurança, das luzes, e assim por diante, o que significa que ela podia ver e ouvir tudo.” – p.49
Pergunta que não quer calar: por que não ligar 911? Aff! O Max precisa recuperar a revista em quadrinhos rara do pai, que o "ladrão-chefe" pegou  (Lembra? O Max, imaginando o pai dele fazendo picadinho dele no primeiro livro?!?)

Sim, Max sobre a pizza agora com recheio de poupança! Ladrões querem dar um jeito nele pelos problemas que causou e pela pizza que estragou! Erin o ajuda a escapar com o desligar de luzes.

Quando as luzes acendem...
Os três, cada um pensando ter pego o Max!
Kkkkkk!!!
 


O chefe até que tenta... Mas não cabe na tubulação...
.                 


Muito gato e rato e tubulações... planos para pegar os dois "paus-mandados-famintos-cabeças-ocas" e o chefe deles, impedindo o roubo e salvando a revista. 

Conversas... Desentendimentos básicos... 


Gosmas... Armadilhas... 


Castigo por estar no computador depois da hora... Fugas... Aventuras e risadas!


Até a próxima, Max Crumbly!



Um abraço,

Carolina.

Nenhum comentário