Um conde para curar meu coração

Autora: Tatiana Mareto 
Amores em Kent, 2 
Editora: Freya 
(e-book Kindle)
Publicado em 2020
N° de páginas: 321 


Um livro rápido de ler, porque não conseguimos deixar de acompanhar cada momento da grande família formada pelas do duque e do conde. Colin, logo de início, casa a irmã, Agatha, com o melhor amigo, o Edward. Por quê? Após conseguir convencer a irmã, com a ajuda da esposa, Elizabeth (casaram no livro anterior, Um duque para chamar de meu) de que ela precisava sair do quarto e recepcionar os amigos após praticamente um ano fora, um beijo arrebatador entre eles ocorreu.

Tcham-tcham-tcham! Rs.

Daí perguntam: mas não é sempre assim? Um momento de indiscrição, um beijo comprometedor, uma necessidade de salvamento de si... d@ outr@... Um arranjo. Pessoas que tem traumas e são ajudadas e/ou ajudam. Mas, não é assim na vida real em 2021? Por que seria diferente em 1892? Rs. Todos nós temos nossas bagagens, por vezes muito mais pesadas que aparentam... 

Nem sei se seria possível externar algumas emoções de trechos específicos, ainda bem que poucos e curtos, com atitudes vis e ausentes dos dois irmãos americanos que a Agatha teve o infortúnio de conhecer em Nova York. Toda a dor pela qual ela teve que passar devido a esses vermes. Um passivo idiota e um louco abusador. Mas não se assustem, quase não aparecem e, de certa forma, devido a esses vermes algumas atitudes são tomadas pelo nosso lindo Edward, conde de Cornwall - que deixam claro para todos o seu amor pela esposa! <3 

-> Amor que o Lorde Isaac McFadden, irmão dele, e Aiden Trowsdale (duque de Shaftesbury), irmão dela, viram que existia há... 🤐

Então, saibam: logo no início sabemos de uma dor que a Agatha guarda para si, tristeza, trauma... Mas todo o percurso do casal jamais será ofuscado! Eles são muito...! Ok, emocionada e romântica - nem posso tentar fugir como o conde e ir para Riderhood porque a casa de jogos é masculina... mas não se preocupem comigo chorando por um Edward para mim!!! (Ainda quero! Abafa. Ssssh! Colo? Cafuné até dormir além de satisfação em outros aspectos garantida? Quem não?...) Ah, há cenas mais calientes
"A sociedade tinha um hábito curioso de nomear de forma diversa o mesmo comportamemto em gêneros diferentes." 
Não poderia deixar esse comentário passar! A Lady Caroline Eckley, que "não aceitaria um senhor", faz o que quer, como quer, quando quer, dormiu com muitos dos homens da aristocracia de Londres, vai até a casa do duque quando sabe de um certo acidente com a Agatha e seu marido, oferecendo ajuda e ressalta que eles também são ignorados por muitos por se relacionarem com a burguesia, não agirem como nobres, precisavam se apoiar. Rs. Ri de como ela falou - ainda mais com o histórico... (Calei! Rs)

#superindico


Um abraço, 
Carolina.

(Se quiser cupom de desconto no site da editora, use CAROLLIVROS5) 

Nenhum comentário