Supernatural & livros

Supernatural... 

Tudo começou com a morte da Mary Winchester, presa no teto do quarto do seu filho caçula de apenas seis meses, Sam, enquanto ele estava no berço... Tinha "algo" lá com o bebê-Sam. Ela acordou com a babá eletrônica, pensou ver seu marido de costas, perguntou se ele estava com fome, ouviu "Sshhh!" e desceu para desligar a tv, que estava ligada. Então, avistou o marido dormindo sentado no sofá e... como ele não pode estar em dois lugares ao mesmo tempo... Ela correu para o andar superior, adentrando o quarto do seu filhinho... John acordou com o grito da esposa, subiu correndo e ela estava presa no teto, pegando fogo logo após ele a avistar! John, então, pegou o Sammy, entregou para o menino Dean, o mais velho, mandando ele correr o mais depressa que pudesse!
"Take your brother outside as fast as you can! Don't look back! Now, Dean, go!"

Há mais... acrescentado aos poucos...

Então o John se torna um caçador, inevitavelmente "arrastando" os filhos nessa vida. Há um momento que ele os deixa com amigos, com o Bobby... O Sam tenta sair, mas é "trazido de volta a essa vida". O "demônio dos olhos amarelos" tem planos... E mata a namorada dele como matou sua mãe, presa no teto, fogo... propositalmente. 

"We have a job to do!"

Então, temporadas e temporadas... Inserções... Mitos... E, claro, livros! 


O diário de John Winchester, de Alex Irvine, publicado pela Gryphus em 2011, com 224 páginas; [1]

O livro dos monstros, espíritos, demônios e ghouls, de Alex Irvine, Gryphus, 2011, 220 pgs.; [2]

HQs
Origem, de Peter Johnson, publicado pela New Pop em 2011, com 144 páginas; [3]
Ascensão, de Peter Johnson, New Pop, 2012, 144 pgs.; [4]

O guia de caça de Bobby Singer, escrito por David Reed, publicado pela Gryphus, 2012, 298 pgs.; [5]

Nunca mais, Keith R. A. DeCandido, Gryphus, 2013, 206 pgs.; [6]

Guerra dos filhos, Rebecca Dessertine, Gryphus, 2014, 256 pgs.; [7]


(* Supernatural e a filosofia: Metafísica e monstros... para ldjits, William Irwin, Madras, 2014, 224 pgs.)

Coração de dragão, Keith R. A. DeCandido, Gryphus, 2015, 245 pgs.; [8]

Fogo gelado, John Passarella, Gryphus, 2016, 266 pgs.; [9]

Feito de carne, Tim Waggoner, Gryphus, 2017, 237 pgs.; [10]

Família não é só a de sangue: Elenco e fãs contam como Supernatural mudou suas vidas, Lynn S. Zubernis, Gryphus, 2018, 288 pgs.; [11]

Entre anjos e demônios: Guia não-oficial dos segredos esotéricos da série de TV, escrito por Bën Mähren Qadësh, publicado pela Gryphus Geek, em 2019, com 254 páginas. [12]


Pensei em colocar sinopses... 

[1] Desde a tragédia com a esposa, John mantém um diário tentando entender o que aconteceu, registrando tudo que acontece. O diário por vezes é peça-chave nos casos por conter informações sobre diversas criaturas, além de conter segredos da família de caçadores. 

[2] (Guia.) Para os irmãos Winchester, o sobrenatural é muito natural. Sua rotina é diferente da de qualquer outra pessoa: dormem em hotéis baratos de beira de estrada enquanto aguardam a oportunidade de exorcizar um demônio ainda no café da manhã. Lá pela tardinha, se disfarçam de padres, repórteres ou agentes do FBI para investigar desaparecimentos misteriosos em alguma região longínqua dos EUA. À noite, invadem uma casa abandonada onde uma família inteira foi assassinada. Com sorte, podem encontrar a criatura que cometeu o crime. E, com mais sorte ainda, podem faturar uns beijos das belas moças que quase viraram vítimas de algum fantasma ou bruxa. Para chegar a tanta eficiência, Sam e Dean estudaram cuidadosamente todo o tipo de criatura e seus hábitos. O resultado está neste guia, em que a dupla ensina como diferenciar e classificar cada um dos monstros que combatem.

[3] Depois de testemunhar o assassinato de sua mulher por um demônio, o patriarca John Winchester começa uma jornada no Mundo Sombrio do Sobrenatural procurando uma maneira de matar a criatura que tomou a vida de sua esposa. Descubra o que acontece com seus dois filhos, Sam e Dean, e como esses eventos da época da infância foram determinantes para seus destinos.

[4] Essa história acontece antes do seriado. John Winchester está fazendo o melhor que pode para criar seus dois filhos… Mas “coisas”, como monstros cruéis, trabalhos diários maçantes e cidades cheias de sucubus, continuam atrapalhando. E a situação piora quando seu filho mais novo começa a atrair a atenção dos dois lados da comunidade sobrenatural. Será que mesmo os laços familiares mais fortes podem resistir a um chamado desses?

[5] Livro de instruções que Bobby Singer, amigo de John Winchester, deixou para o Dean e o Sam (os conhece desde criança) e para todos os caçadores de monstros. Agora, o leitor vai ter acesso às informações contidas nele, que ajuda os irmãos a combaterem incríveis criaturas sobrenaturais...

[6] Sam e Dean vêm à cidade de Nova Iorque para verificar a casa assombrada de um roqueiro local. Mas antes que eles possam descobrir por que uma banshee apaixonada em uma camiseta heavy-metal dos anos 80 está se lamentando no quarto, um crime muito mais macabro chama-lhes a atenção. Não muito longe da casa, dois estudantes universitários foram espancados até a morte por um estranho agressor. Um assassinato, que é bizarro mesmo para os padrões de Nova Iorque, é o mais recente em uma série de crimes que os irmãos logo suspeitam serem baseados nos contos horripilantes do lendário escritor Edgar Allan Poe.

[7] A história se passa pouco depois do episódio My Bloody Valentine. A trama conta sobre o apocalipse na Terra. Na caçada a Lúcifer, estranhos presságios atraem os irmãos Winchester para uma pequena cidade na Dakota do Sul, EUA, onde encontram Don – um anjo com uma proposta... Don envia-os para muito longe de casa, numa missão para descobrir o segredo que o Mal nunca desejou que eles descobrissem.

[8] Quando o anjo Castiel alerta Sam e Dean para uma série de assassinatos particularmente brutais na Chinatown de San Francisco, eles percebem que o Coração do dragão está de volta. Jhon Winchester enfrentou o aterrorizante espírito 20 anos atrás, e a família Campbell o combateu 40 anos antes - podem os rapazes ser bem sucedidos onde seus pais e avós falharam?

[9] Quando um assassinato grotesco ocorre em Braden Heights, Indiana, as autoridades da região suspeitam que o cadáver eviscerado e sem olhos foi vítima de um animal. Mas quando outro corpo é descoberto, com os olhos arrancados, Sam, Dean e Castiel começam a buscar pontos em comum entre as vítimas - e descobrem que os dois homens estavam prestes a se tornarem pais. Enquanto os rapazes caçam quem cometeu os assassinatos, descobrem o passado sombrio da cidade e segredos que alguns gostariam que ficassem enterrados para sempre. Um romance totalmente inédito de Supernatural, que se passa durante a 10ª temporada e revela uma aventura nunca antes vista dos irmãos Winchester,

[10] Sam e Dean Winchester têm sua atenção despertada pelos rumores de que um enorme cachorro negro estaria vagando pelas vizinhanças da cidade de Brennan, assim como pela descoberta de corpos recém-mortos e dissecados; quando conseguem capturar o monstro canino, dão-se conta de tratar-se de um “Franken-vira-lata”, uma criatura formada por partes de diferentes cachorros. Em seguida, os irmãos estão na trilha que os leva a desde cientistas malucos e biotecnologia, até um alquimista de mais de 100 anos, mortos-vivos e a um antigo e malévolo poder.

[11] O livro contém textos de: Jared Padelecki (“Sam Winchester”); Jensen Ackles (“Dean Winchester”); Misha Collins (“Castiel”); Mark Sheppard (“Crowley”); Jim Beaver (“Bobby Singer”); Ruth Connell (“Rowena MacLeod”); Osric Chau (“Kevin Tran”); Rob Benedict (“Chuck Shurley aka God”); Kim Rhodes (“Sheriff Jody Mills”); Briana Buckmaster (“Sheriff Donna Hanscum”); Matt Cohen (“Young John Winchester”); Gil McKinney (“Henry Winchester”) e Rachel Miner (“Meg Masters”)

[12] Sam e Dean Winchester sempre estão na estrada, lutando contra todo tipo de ameaça sobrenatural. Ao longo dos anos, depois de várias aventuras sangrentas, já encararam tudo: desde o demônio de olhos amarelos, que matou a mãe deles, até vampiros, fantasmas, metamorfos, anjos e deuses caídos. Com a ajuda de aliados ― tanto humanos quanto sobrenaturais ― descobriram que cada ameaça detida abre uma nova porta para o mal.

* Supernatural e a filosofia: 
Podem os anjos ser ateus? Podem os monstros ter moral? Qual é o objetivo do Inferno? Em que termos o natural é diferente do sobrenatural? O Inferno é uma democracia com clima quente? 'Supernatural e a Filosofia' introduz os leitores nos grandes tópicos filosóficos da série Supernatural, incluindo questões espinhosas de maneira divertida e acessível. Os autores dos textos são filósofos e fãs de supernatural. Eles abordam questões sobre a vida, as classificações biológicas dos monstros, os problemas epistemológicos de caça a fantasmas, assim como questões morais que envolvem matar monstros sugadores de sangue. Este contém ensaios que se referem a temas arcaicos e monstruosos de formação de caráter e éticos, e responde por que séries como esta nunca iriam entreter uma mente racional e científica. Até mesmo aqueles não familiarizados com a série encontrarão aqui ótimas ideias sobre céu, inferno, anjos, Deus, Lúcifer, e bem e mal.

Lá fora foram lançados outros além destes.

Bom, deixe-me adentrar o [6] Nunca mais! Rs. 


Um abraço,
(e, talvez, um pedaço de torta 
- ou cerveja? - rs)
Carolina.


Nenhum comentário