Sem você não é verão

Autora: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Publicado em: 2019
N° de páginas: 240

Entendo o jeito do Con, mas apenas pensava: não machuque o Jeremiah... Não "escolhi lados", apenas não acredito que ele mereça... rs. Acalme-se: não estou "dando spoilers"!... 

Quem leu O verão que mudou minha vida sabe que a Belly cresceu vivendo todos os seus verões com o irmão, a mãe, a melhor amiga da mãe e os seus dois filhos na casa de praia. Eles cresceram juntos e a Suzannah sempre torceu que a sua Belly (sim, amava como sua!) namorasse um dos seus meninos! 

Eles não tem mais a Beck por perto (a Laurel, mãe da Isabel, sempre chamou a Suzannah de Beck) e estão perdidos, de certa forma, com tal fato. Não sabem como lidar com a ausência, não falam sobre... Sofrem. Afastam-se. Tem saudades!

E o verão vem. O primeiro sem a casa... sem a Suzanna. O conrad some... Jeremiah pede ajuda para a Belly... A amiga desta reclama, afinal ele foi um babaca com ela no baile e terminaram o que... existiu?!? No final das contas, adivinhem onde ele está? E há uma razão para ter largado o curso de verão da faculdade antes das provas e ir para lá, apenas não vou contar! Rs.

Amores. Atitudes. Falta de atitudes. Palavras ditas. Palavras omitidas, caladas... Jeitos, características... Primeiro porre, telefonema, confusão e resolução. No convívio todos os lados precisam ceder um pouquinho para que todos permaneçam a ser quem são mas com harmonia. Eu cedo - você cede. Equilíbrio. Falta deste...
"Foi quando eu finalmente entendi. Não era a intenção que contava. Era a execução que importava. Era estar presente para alguém. (...)"
Sei, estou filosofando... Mas, vocês sabem, não há verão sem todos juntos! Coloque uma regata, biquini ou sunga, escolha entre a piscina ou o mar... Cuidado com a tequila e a cerveja em excesso... E siga!


Um abraço,
Carolina.

Nenhum comentário