Sem perdão

Autora: Tatiana Amaral
Editora: Qualis
Publicado em: 2019
No. de páginas: 298
"O silêncio perdoa o agressor?

Ainda crianças, Liana e Bruno foram sequestrados com o objetivo de serem explorados sexualmente. Anos depois, sem nunca esquecerem o passado, eles voltam como Camila e Renato para darem corpo à vingança que destruirá a vida de quem estiver no caminho deles. Isso incluirá o Senador Galvão, o homem mais cotado para se tornar presidente do Brasil, mas que, por trás das câmeras, se revela autoritário e doente, e o seu filho Vinícius Galvão, cantor famoso e consolidado, mas que por causa das drogas está à beira de destruir a própria carreira – além de ameaçar a imagem tão bem trabalhada do pai.

No fim, todos serão usados, ninguém será perdoado e o passado nunca irá embora."

A sinopse já alertava: dois irmãos* sequestrados e abusados. Sabia do tema da pedofilia e quem a praticava - alguém importante na política - e do plano de vingança. Mas tudo o que li... 

A formação da personalidade (conjunto de características que definem como interagir com pessoas e mundo) acontece de forma mais intensa nos cinco a seis primeiros anos de vida. Se pesquisarmos um pouco, veremos que é na fase dos 4 aos 6 anos que a criança passa, dentre outras coisas, a ter medo e a desenvolver a moral.
"A vivência de situações traumáticas, como o abuso sexual, durante a infância e a adolescência pode acarretar sérios prejuízos tanto ao desenvolvimento infanto-juvenil quanto para a vida adulta, com repercussões cognitivas, emocionais, comportamentais, físicas e sociais, que variam para cada indivíduo. (BRIERE e ELIOT at al., 2003 apud RANGE. In: jus.com.br/amp/artigos/70475/1)
Abuso físico e psicológico.

Liana se autoflagela ainda hoje, adulta, com água escaldantemente quente, arranhando-se nas costas/ombros. Como se a dor física minorasse a dor interior das lembranças e traumas. Ela também tem TOC com limpeza e organização.
"Hiperatividade ou retraimento; baixa autoestima; dificuldade de relacionamento com outras crianças ou com adultos, acompanhada de reações de medo, fobia ou vergonha, culpa, depressão, ansiedade e outros transtornos afetivos. (...)"
Liana e Bruno sofreram muito. Ela ainda não tinha cinco anos, ele com uns dez, tentando salvá-la, apanhando muito e sendo, também, abusado. Fugiu com pouco mais de dez anos, após tentativa de afastar o "papai" para sempre... A "mamãe"? Na verdade, sequestradora/aliciadora: "ganhava" usando as crianças.

Bruno nas ruas, fez de tudo para sobreviver - tudo. Aprendeu a usar a boa aparência, seu corpo... Adquiriu bastante conhecimento com alguns enquanto arquitetava seu plano de vingança contra o senador Francisco Galvão. Então Renato, foi buscar a irmã, Marcela, para que se tornasse Camila.

Noiva, morando na Argentina, Marcela larga a sua vida e noivo lá, em "stand by". Anos depois, muita terapia... A professora de defesa pessoal jamais imaginaria com o que se depararia, como mexeria consigo... Nunca sentiu coisas que agora... Ela luta contra, acha injusto envolver outras pessoas mas, para derrubar o senador outros terão que, também, cair. Ela jamais imaginaria que teria que rever seu algoz de perto, na mesma sala, apertando sua mão enquanto ele não a reconhecia.

Bruno, agora Renato, também "esbarra" com imprevistos. Mas a força da vontade de vingança o impulsiona. Tem que fechar portas... Por vezes muito esforço para se controlar (ira), para controlar a agressividade (que põe para fora atravéz do sexo). Deixa o André pelo plano, crendo ser Adriana melhor para a execução do mesmo.

O filho do senador, Vinícius, cantor, enrolado com drogas, mulheres e... traumas. Tantas tatuagens intricadas em um corpo que não gosta de mostrar sem camisa. Ele é o segundo de quem se aproximam. O primeiro é o André. Camila e o Renato vão morar no prédio o qual ele tem vários apartamentos formando um... 

Camila logo é contratada para fazer a coreografia de uma música nova do Vinícius, bem como para colocá-lo em forma e... traduzindo: querem que ela o afaste das drogas e das namoradas. A problemática é a Kitt, a outra é namorada desta, e dividem o Vinícius. O "acordo" entre eles é que outras só podem entrar com o consentimento e partilha entre eles. Isso mesmo que imaginou! Avançado?!?... rs.


Bom, personagens... Ok, tem a ex dele que o deixou arrasado após relacionamento de anos, a irmã mimada e voluntariosa, que adora gastar o dinheiro corrupto do papai... Vinícius saiu de casa e cortou relações ao máximo com o pai e as tatuagens vieram após ele ter encontrado uma certa caixa e visto o conteúdo. Nada mais posso dizer.

Leia, conheça melhor as dores de muitos, o escárnio e inveja de outros, humanos desprezíveis que sabemos existir... Chantagens, subornos, desvios, ilusões... Ambos estão quebrados por algo de anos e anos atrás e você saberá ao ler o que foi, como foi pelo ponto de vista de um e de outro. Mal posso aguardar o final desta duologia! 


Um abraço,
Carolina.

2 comentários

  1. Adorei sua resenha sobre Sem Perdão!!! De fato uma história instigante e muito forte. Amei cada parágrafo, tô doida para a continuação desta história também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Eu estou maluca para saber como continua/termina!...
      Mil coisas na cabeça! A filha do senador mesmo... não acredito que ela seja "flor que se cheire"!... Pensei logo: coitado dele, casou com...!

      Excluir