Eventos Dia Nacional do livro - magia

Olá! Tudo bem?...


Estas últimas semanas tem sido... emocionantes. Rs. Dia 31 de outubro no Col. Est. Euricles de Matos, noturno, foi comemorado o dia 29.10, Dia Nacional do Livro. Como o colégio tinha sido entregue ao TRE, a atividade teve que ser postergada e já tinha palestra para alunos do Eixo VII no dia 30. Mas a troca do dia atrapalhou em nada! 

Foi a primeira vez, que seja do meu conhecimento, em que uma atividade como a feita pela biblioteca, sob coordenação da professora Carolina (sim, eu! Kkk!) e a coordenadora, Cristina, teve lugar. Foram feitas perguntas com opções para que alunos respondessem - apenas 7 devido ao tempo, pois nenhuma aula foi cancelada! E premiações.

Na mesa, expostos, livros pessoais da Agatha Christie (uma das autoras do trabalho apresentado na semana anterior, com colegas da área de linguagens: inglês e português). Eram mais de 48 em português, outros oito em inglês. Uma graphic novel, inclusive: Then there was none. Ainda de pé, na mesa, livros que foram doados, novos, pela professora à frente da biblioteca () e outros conseguidos por ela, seja por doações de outras pessoas (como o box do Marcel Proust) ou editoras (a exemplo de Fale!, Passarinha, Quarteto mágico, Então, conheci minha irmã...). Kits de marcadores contendo do blog Carollivros, de livros da Autêntica e  da Valentina e alguns variados de outras. E, claro, livros, mangás e kits de mimos levados para alunos.

Não há fotos aqui dos ganhadores por não ter sido pedido a autorização para, mas a primeira pergunta feita foi respondida pelo professor Vivaldo, em impulso, e este presenteou uma aluna muito frequente, que sempre participa, já uma senhora - felicidade! Após as cinco primeiras perguntas de múltipla escolha, um aluno poeta declamou e ganhou premiação pela participação (o que foi surpresa para ele!) e um quadrinho com frase especial. Após as duas últimas perguntas, a distribuição dos kits. Alun@s subiram para aulas e os que não as tiveram ficaram participando de atividade conjunta realizada pelas estagiárias de coordenação da UNIFACS.

Esta atividade foi uma surpresa bem-vinda: uma cesta com livros doados para que fossem pegos pelos alunos sem que devam devolver, diferente dos que foram para a biblioteca, que trabalha com o regime de empréstimos. Alguns estavam estranhando, pensaram que tinham que assinar... rsrs. 

Este foi o 1o. aluno a entrar na biblio-
teca,início de novembro de 2017. :)
Adaptações de clássicos, autoajuda, poesia... Variedade imperava. Os nomes dos primeiros alunos que se aventuraram pela cesta e pegaram para levar e ler foram registrados por elas. Pensei ser apenas para o relatório da faculdade mas acredito que há mais a vir por aí! rsrs. Um aluno do Eixo VII foi logo olhando e descobriu que um dos livros, O retrato de Dorian Gray, foi escrito pelo Oscar Wilde, outro autor que esteve presente na Mostra Literária da semana anterior. A maior leitora até o momento levou um exemplar de A baronesa descalça, romance de época da autora brasileira Chiara Ciodarot.

Poderia delongar, falar das perguntas, dos livros... rs. Mas contentemo-nos em divulgar que alunos adoraram, nunca falei tanto naquele microfone portátil - Kkk! A coordenadora pediu que eu continuasse falando sobre leitura e literatura nele, como forma de estimulá-los a se aproximar da mesa também. As meninas ainda levaram impresso "5 motivos para ler", os quais li para os educandos e foi afixado na parede, ao redor do mural da Biblioteca.


Sim, por mais que tome tempo buscar material, separar, fazer kits, programar perguntas... Por que "estaS últimaS semanaS"? Porque também houveram atividades na sala de leitura da E. M. Cidade de Jequié. Sim, muito peso para lá e cá...! Rs. Enquanto o campeonato de futebol de salão ocorria na quadra, as salas eram ocupadas com atividades de canto, dança... e a sala de leitura... 

Quem não se inscreveu em uma atividade pode desfrutar da primeira temporada da TMJ, minha coleção pessoal, e graphic novels. Kits particulares foram feitos e entregues e nos dias 25 e 30 (escola também foi utilizada pelo TRE), atividades pelos dias da leitura e livro. Perguntas sem opções, para ver se lembravam do que conversamos durante todo esse tempo... Gutenberg e a invenção da prensa, o primeiro livro publicado, uma das autoras mais vendidas segundo o Guiness book... Premiações, conversas...

E aqui está a maior leitora da Jequié, fazendo pose de "surpresa"! Kkkk! Só se for pela premiação, a qual não sabia que ocorreria, já que sabe que sua ficha individual tem mais de 10 páginas! Sim, 2018 e 2017, mais de 10 páginas, 5 frente e verso!!... WOW!!! Ela ganhou um exemplar de Rainbow, comprado meses atrás já pensando em outubro. Queria poder dar um dA baronesa descalça também, apesar de estar no 9o.ano, ela tem 16 (precisou parar...), poderia ler mas... município. Conheci o pai, sei da família, os beijos da Amaia e do Montenegro seriam nada para ela mas com todo o estresse das eleições, preferi não me arriscar. 
A diferença é que a professora à frente, eu, está lá há anos, houveram outras vezes desses eventos por lá! No colégio do noturno, onde fiz um ano, não. Foi a primeira vez. Sei que gasto dinheiro; sei que gasto tempo; sei que recebo muito "não" pedindo marcadores, brindes ou livros... há anos. Mas nada tira o prazer de ver sorrisos, surpresas, alegria... Tenho alunos de anos atrás que encontram comigo e dizem ainda ter cartinhas, figurinhas, adesivos, marcadores, livros... Outro dia a maior leitora de 2014 (D.P.) marcou-me em publicação no Instagram com foto do livro Romeu e Julieta e vampiros (Editora Pandorga), que comprei e a premiei.

       

Será que ficarei velha, com uns 50, ainda pulando para lá e cá, fazendo quiz, sorteios...? Kkkk! Por vezes o desestímulo pelo governo, alguns colegas e alunos que desrespeitam... quase vencem. Mas essa interpretação da W. de surpresa é uma das brincadeiras espontâneas que amo ver! Agradeço aos colegas que apoiam, as editoras que colaboraram... Em nome de todos os que se aventuraram ou começaram agora a se aventurar nesses mundos diversos, agradeço!


Um abraço,
Carolina.

Nenhum comentário