A cidade dos fantasmas

Autora: Victoria Schwab
Editora: Galera Record
Publicado em 2021
N° de páginas: 224

Com esse título, já deu vontade de ler! Rs. Então, na contracapa: "Só porque você não pode vê-los não significa que não estejam lá." Olha a leitora sendo fisgada!.. rs. Ainda: a narradora-personagem tem um melhor amigo incomum para uma adolescente: ele está morto, é um fantasma ou, como ele prefere, "com deficiência corpórea"! Hahah! Uma figura! 

Nossa aventureira através do Véu se chama Cassidy Blake e ela é "assombrada" - acompanhada - pelo Jacob há um ano (e alguns dias...), desde quando caiu no rio ao atravessar a ponte a caminho do local onde queria tirar fotos com a nova máquina que ganhou de presente. Ele a salvou. E creio ter algo ali a ser dito futuramente... Pelo que apareceu no espelho de Edimburgo, Escócia. Sabe, fantasmas não olham reflexos... 🤐

A Cass é curiosa, valoriza a amizade e ela e o Jacob tem regras:
#1...
#6: um amigo não deixa o outro no escuro;
#7...
#9: observar fantasmas é um esporte de duas pessoas;
#16...
#21: não deixe seu amigo no Véu;
#24: nunca estrague o final de um filme!

Ri bastante de como elas vão aos poucos sendo citadas por um e/ou outro. O Jacob guarda um segredo, ela sente, mas não pressiona - ele contará quando estiver pronto para. Bom, sem planejamento, um pouco vem à tona na viagem que fazem para acompanhar os pais dela nas gravações do piloto de um programa que iniciarão. Eles escrevem livros sobre atividade paranormal. Ironia, não?! Nunca viram um - já a filha...

Castelo de Edimburgo

Sim, é para a Escócia que viajam e onde a Cass conhece a Lara Jayne Chowdhury, garota que lhe elucida a respeito de caçar fantasmas, ser cruzadora de sombras. Muitos mitos e histórias na parte velha da cidade, energia pesada, Véu puxando a todo momento... E tem a Rapina Rubra. Não queira ouvir sua música, jamais deixe uma criança sozinha - ela pode ouvir e entrar no encantamento, ser aprisionada.

Cuide do seu fio de adentrar o Véu, seja em algum lugar escuro do castelo de Edimburgo, em Grassmarket, ou Greyfriars. 
Lembre-se, nem todos os fantasmas são amigáveis!
(Mas se tiver um como melhor amigo, 
que ele cuide de você! 😉)

Amei a leitura!


Um abraço,
Carolina.

Nenhum comentário