Arlequina: se jogando na cidade

Autor: Jimmy Palmiotti
Arte: Amanda Conner 
(e convidados)
Editora: Panini Brasil
No. de páginas: 212

Quando que imaginaria ler hq da DC assim?!
 Li e...
... Amei! 

Jamais pensei que me divertiria tanto durante a leitura!


Confesso que não era leitora assídua de hqs. Alguns anos atrás comecei a ler mangás, graphic novels... Mas DC... Até li umas do Batman, tentei do Superman... Da personagem Arlequina sabia apenas que era apaixonada e fazia de tudo pelo Coringa. 

Assistindo ao Ei-Nerd, soube que foi psiquiatra, tive spoilers do filme que não assisti embora quisesse tê-lo feito devido a, no trailer, ter ouvido na trilha sonora Bohemian Rhapsody, do Queen.

Mas após assistir ao filme Aves de Rapina me interessei em saber mais dela, logo encontrando esta hq e... eu me diverti horrores! Ok, ela é piradinha!... Mas é uma "menina" e amorosa também - olha como ela ama os animais e o quanto eles gostam dela!...

O início, com artes de convidados, meio que "brincando" com quem seria aquel@ a dar vida, forma, a si, sim, a personagem interagia com artistas sobre seus traços, características, etc. 

Foi... diferente! Kkk!

Eu recomendo!!!
Experiência ímpar!
;)


Um abraço,
Carolina. 

Nenhum comentário