Com os olhos do coração

Autora: Amie Knight
(Série Coração, 1)
Editora: Cherish Books Br
Publicação: Abr./2019
Páginas: 271
"Ainsley entrou em minha vida trazendo uma enxurrada de cores vibrantes, iluminando meu mundo quando tudo parecia perdido.Não foram nossas noites tranquilas perto do riacho ou os beijos roubados em campos de algodão que me salvaram.
Foi ela.
Ela foi meu refúgio quando a vida jogou uma tragédia atrás da outra nas minhas costas.
Até que ela me deu o maior golpe.
Agora, o abandono, a traição e a morte obscurecem todos os cantos da minha vida. Raiva e mágoa ardem onde o amor e a confiança um dia viveram.
Mas agora ela está de volta. Claro, ela mudou, mas consigo ver seu interior - com os olhos do coração."

Terminei a pouco esta leitura que tanto me fez sentir!...

Os amores mais fortes são aqueles que cultivamos desde a infância!.. Lembro de um amigo por quem tinha mais que uma queda e jamais comentei por medo de perder a amizade... Acabei perdendo de qualquer jeito, já que ele trocou de escola... depois trocou de estado... 
Isso mesmo que você ouviu, Rachel!

Sim, nunca falei, perdi contato por anos... Rs. Bom, Não foi o caso da Ainsley e do Adrian. Eles viveram por anos essa amizade, desde os oito!... Chegaram a namorar, ter sua primeira experiência juntos. Tudo mágico - exceto por detalhes... "adicionais".

Sim, ele se muda ainda criança para a casa ao lado, a com piscina! E, claro, a Lori, prima da Ains, logo toca a campainha e tudo se inicia: amizade verdadeira, onde um olha pelo outro, importam-se verdadeiramente. Dentre adicionais: Lori foi abandonada pela mãe, uma viciada, desde realmente pequena - é amada mas... 

Adrian tem talento e está sempre desenhando e a Ainsley começa a aprender violino sozinha... De início, "parece o som de um gato morrendo" - rs. Mas, segundo o Azul (apelido que a Lori deu para ele):
"... quando Ainsley Michelle James coloca algo na cabeça, ela faz. De cabo a rabo. É assim que ela é. A garota mais esforçada que eu conheço e nunca desaponta ninguém. Nunca. Especialmente o maior fã dela. Alguma ideia de quem seja?"
"... Meu doce garoto quase sempre me fazia sentir melhor. (...)"  [6%]
(Ains: o Raio de Sol do Adrian. - Tão lindo! Como não shippar?)

Claro, toda história de vida tem seus percalços. Ele sofre desde que sua mãe e irmã morreram em um acidente, o pai e a bebida... Ela o apoia, tornam-se uma família com a Jessi (mãe), a Lori (prima/irmã), a Miranda (amiga). E outro "acidente" ocorre. Devastador.

Ains não consegue... 

E faz algo que temos que analisar de vários pontos de vista... Primeiramente, e por um deles, ela foi egoísta. Sim, foi. Ela não pensou que não era a única a sofrer, a estar despedaçada, a querer sumir! Bem, depois, se ela ficasse como estava... poderia ensandecer, enlouquecer, por mais que tenha perdido a si mesma ao partir. A mãe sofria; o namorado sofria; a amiga sofria... a perda. Precisavam do apoio... E ela fugiu. Pior, depois de clamar por algo muito pessoal e especial ao amado... Não pensou em como ele se sentiria... Mas ao menos ela tem consciência da "caca" que fez - bem como de que ele continua tendo o seu coração. 

Miranda é super louca e após a partida da Ainsley se torna a melhor amiga do Adrian. Ela nos proporciona momentos bárbaros! Rs. Detesta a mulher com quem ele "alivia a tensão sem compromisso", sempre repete e, para um vislumbre do seu humor: 
"Para seu governo, estou indo embora. Quando uma garota faz um discurso épico como esse, deve completá-lo com uma saída triunfal. (...)" [51%]
Quatro anos. Em Nashville, forma-se em música, divide alojamento e ap com a Kelly, grande amiga que muito a ajuda, apoia. Também tem um jeitinho meio doido e, quando conhece a Miranda, instantaneamente se dão bem! Rsrs.

 Muito pode ocorrer em quatro anos, certo? Será que o reencontro mexerá com vocês como mexe com eles?

Ah, esquece eles!! Como mexeu comigo? Siiimmm!!! Chorei, gargalhei, torci, briguei...
Amei os dois!

Convido-@s a participar desta linda história!


Um abraço, 
Carolina.

2 comentários