Nina


Autor: David Ausloos
Tradução: Walter Carlos Costa
Editora: Comboio de Corda
Ano de publicação: 2012
Número de páginas: 48
"Nina não consegue dormir, pois uma pergunta martela em sua cabeça. Determinada e cheia de coragem, ela sai pelo mundo, no meio da noite escura, em busca de uma resposta."

(Admito: tenho um certo xodó por este!...)

Não só foi escrito como também foi ilustrado pelo belga David Ausloos (designer, pintor...) após observar crianças pequenas e como elas buscam sentido... Nina fala sobre a construção de identidade. Até aí, nada demais, não é mesmo? Mas a beleza das ilustrações/pinturas dá um encanto maior, transmite tanto quanto ou até mais que o texto em si. Poéticas.


Aventura-se em busca de resposta que muitos, já adultos, ainda não descobriram. Os lobos do bosque não sabem. Pouco menos Marcelo com os seus potes; ou a chuva que pinga água mas não o conhecimento almejado. Ondas... (sentimentos...) Vento... Faroleiro... Muito encontra em sua caminhada. Regressando, uma menina.

É simples, é composto de apenas 48 páginas, mas toca. Gosto da sensibilidade de alguns textos, sempre confesso. O expressar mais que apenas palavras em si. As escolhas feitas pelo sr. Ausloos... As aquarelas, nuanças...

É, na verdade, uma busca contínua e incessante, a nossa. Afinal, sou Carolina, poetiza, professora, estudante, leitora, apreciadora... olhos castanhos, 1,61m, cabelos encaracolados, 84kg no momento... mas sou mais – sou tanto que ainda hoje me descubro!



Um abraço,
Carolina.
 

3 comentários