Cuidado: garoto apaixonado!


Autor: Toni Brandão
Editora: Melhoramentos
Publicado em: 2007
No. de páginas: 80
"Não é fácil ter onze anos e estar em dívida com alguém que salvou sua vida. Principalmente quando essa pessoa é seu melhor amigo e está apaixonado pela mesma garota, que é seu primeiro amor. Timidez, lealdade, amizade. O que o impede de revelar seus sentimentos?"

(Enviado para escolas do Ensino Fundamental 2 pela prefeitura de Salvador alguns anos atrás, para trabalho de leitura com alunos... "Maleta Os Amigos do Ziraldo". Faz parte de coleção. Foi utilizado diversas vezes em uma das escolas nas quais trabalho.)


Tui e Alê são amigos, “assim, tipo brothers mesmo!” O primeiro é tímido, tem medos... Enquanto o segundo é “descolado”, surfa, é “pegador”... Antes do início do ano letivo o Alê “meio que salva” o Tui  ao impedi-lo de entrar no mar pouco antes de um vendaval... Fato este que será usado depois...


O ano letivo começa e “estão cotados”, já que até no noticiário apareceram. Aumentam a história... Até que, quando vão copiar seus horários, avistam uma aluna novata. Tui entra em colapso! Alê também se interessa pela Camila e usa o fato “de ter salvado a vida dele” para pedir ajuda do amigo para conquistar a menina.

Sempre que Tui a vê, perde a fala. Ela é diferente: ao mesmo tempo em que joga futebol, ela canta no coral, lê poesia... Tui procura um livro de poesia na biblioteca e descobre que está locado, para logo depois ver Camila devolvendo-o. Ele cita Arnaldo Antunes e ela compra o CD para ouvir... Ele tenta afastá-la sendo meio grosseiro, por mais que lhe custe. Eros visita ele, que não entende, procura saber quem é: mitologia grega.
Alguns versos escolhidos pela Camila:



Bilhetes...

Tui desiste do coral... Os pais dele percebem que o menino não está comendo...


Peça teatral: Romeu e Julieta. Camila conhece a história, será a Julieta. O  Alê se escala para fazer o Romeu, mas pega uma gripe antes da apresentação e vai para o hospital no dia. Mas alguém sabe todas as falas do Romeu de cor..!
                                                                                  

Quem?!? RsRs...


Um abraço,
Carolina.

2 comentários